quinta-feira, 15 de setembro de 2016

O que é Herpes Labial?

 Muitas pessoas se sentem constrangidas quando descobrem que tem herpes labial. Isso acontece por que existe um outro tipo de herpes que é transmitida pelo contato sexual causando uma confusão constrangedora para pessoas mais reservadas. Mas afinal, o que é herpes labial então?



O que é herpes labial?

vírus da herpes simples (HSV) pode causar infecções que afetam a boca, face, órgãos genitais, pele, nádegas e na região anal. É uma das infecções virais crônicas mais comuns em humanos. A incidência de HSV-1 (vírus do herpes por via oral) a infecção é de 67% dos adultos no mundo inteiro e é superior à incidência de HSV-2 (vírus do herpes genital).
Muitas pessoas adquirem o vírus e não apresentam sintomas ou sinais. Para outros, vesículas (bolhas) dolorosas aparecem perto da área onde o vírus foi introduzido no corpo. Em geral, as bolhas saram completamente, mas podem reaparecer em algum momento no futuro. Entre um ataque e outro, o vírus reside nas profundezas das raízes dos nervos da área envolvida. Quando as lesões de herpes simples aparecem no seu local mais comum, ao redor da boca, queixo e lábio superior, as pessoas muitas vezes se referem a eles como “feridas” ou “bolhas de febre”. Herpes oral pode causar úlceras, bolhas ou feridas em qualquer lugar dentro da boca, incluindo as gengivas e da língua. Ele pode também causar feridas no interior do nariz e ao redor das narinas. Herpes também pode afetar o olho.

Como se pega Herpes labial?

O vírus é transmitido de pessoa para pessoa pelo beijo, pelo contato próximo com lesões de herpes, ou a partir de saliva mesmo quando feridas não estão presentes. Saliva infectada é um meio comum de transmissão do vírus. O período de contágio é maior quando as pessoas têm bolhas ativas ou feridas úmidas. Uma vez que as bolhas secam e formam “casquinhas”, o risco de contágio é diminuído. O HSV também pode ser transmitido através de itens pessoais que estão contaminados com o vírus, tais como batom, utensílios e aparelhos de barbear. Apesar do mito popular, pegar herpes labial de superfícies, toalhas ou panos é um risco muito baixo, uma vez que o vírus não consegue sobreviver por muito tempo em superfícies secas.

Quais são os sinais e sintomas da herpes labial?

O sintoma característico da herpes é formigamento ou uma sensação de queimação antes do aparecimento do surto. O sinal clássico de herpes é um aglomerado de bolhas sobre uma base de pele vermelha. As bolhas parecem com uma gota de água cheia de líquido claro. Estas bolhas secam rapidamente e deixar uma crosta que pode durar de alguns dias a algumas semanas, dependendo da gravidade da infecção.

Que outras condições podem parecer com herpes oral (herpes labial)?

Existem muitas condições que podem ser confundidas com herpes, incluindo arranhões, queimaduras de barbear, espinhas, estomatite (feridas nos cantos da boca), e aftas (úlceras aftosas).

Quais os testes que os profissionais de saúde utilizam para diagnosticar herpes oral?

O diagnóstico de herpes (herpes labial) é facilmente feita com base na aparência visual das lesões, e a melhor abordagem é ver um médico dermatologista ou clínico geral ao primeiro sinal de uma bolha. Se há preocupação de que a erupção possa não ser herpes, o fluido da bolha pode ser recolhida com um cotonete para a testes.Os resultados da cultura tem um mínimo de três a cinco dias.

Quanto tempo as feridas podem durar?

A herpes labial, o processo de cura usualmente leva duas a três semanas, mas dor na pele pode durar de uma a seis semanas.

Qual é o tratamento para o herpes?

Atualmente, não existe cura ou uma vacina para o vírus herpes simples. Evitar fatores de risco, tais como queimaduras solares e stress, podem ajudar a prevenir surtos adicionais para quem já tem o vírus. A herpes labial geralmente cura dentro de duas semanas sem tratamento. No entanto, existem tratamentos disponíveis para ajudar a diminuir o tempo de cura, reduzir a dor, e em casos específicos, suprimir a recorrência do vírus estabelecida. Para isso, consulte um dermatologista para ter a prescrição dos medicamentos corretamente.

Como se prevenir de herpes labial?

A melhor maneira de prevenir uma infecção por herpes simplex é evitar o contato físico com as feridas de outra pessoa. Os itens que tocam os lábios, mas não podem ser lavados ou higienizados, tais como batom ou gloss, não devem ser compartilhadas. Durante um surto, lavagem frequente das mãos e desinfecção com desinfetante para as mãos à base de álcool de 60% vai ajudar a reduzir a propagação do vírus a outras partes do corpo ou para outras pessoas. Lavar as mãos imediatamente após a aplicação tópica tratamentos para uma afta.
Para evitar futuros surtos, evitar longos períodos de tempo no sol e usar protetor solar nos lábios e face, reduzir o stress, obtendo descanso e relaxamento adequado, evitar o trauma na boca ou área envolvida, e tomar qualquer medicação antiviral exatamente como prescrito pelo médico.

Sem comentários:

Publicar um comentário